Saltar para o conteúdo

Colaborador Paulito

Dezembro 18, 2009

Olá, eu sou o Paulito.

Entra nesta fantástica guerra de comentários e habilita-te a uma fabulosa viagem à ETAR de Viana. Vá, deita cá para fora! Podes comentar a tua terra, a tua rua , o teu quintal, a tua amante, a amante do vizinho, a amante do avô. Vá, deita cá para fora! Pode ser também do Presidente da Câmara, da Junta, da Associação A, B, C, do padre, da freira, da professora, da bailarina, do jogador, do doutor, do coveiro, vá deita cá para fora! Do provedor, contabilista, do barbeiro, do varredor, do Peixe, do XIXI, do CóCó, comenta até não poderes mais, vá lá! Comenta do cão do pastor, do gato da vizinha, dos doces da avó, do cavalo do Bastinhas, da rena do Pai Natal, do bêbado, do são, do drogado, do trabalhador, do malandro, vá lá, o que estás á espera, deita cá para fora!
Comenta dos comentários dos outros, dos teus, das ovelhas ranhosas, das assoadas, das negras, das brancas, dos divertidos, dos zangados, dos bons, dos maus, dos assim assim. Espero ir aos 10000 comentários. Vá lá, deita cá para fora! Comenta do Benfas, do Bocas, do Mirone, do S.L.B. com e sem quotas pagas, do Pelintra, do Unha de Fome, do M.R., de todos, e principalmente comenta desse que está em todo o lado ” o Anónimo. Vá deita cá para fora! E já agora não esqueçam de comentar do Paulito, eh eh .

Vá, deita cá para fora!

este comentário está aqui

2 comentários leave one →
  1. Vianinha permalink
    Dezembro 19, 2009 00:26

    Se fossemos compilar todos os comentários aqui feitos, numa edição especial do estilo revista Maria, “uma fabulosa viagem à ETAR de Viana” seria sim O TÍTULO ideal.

    O Paulito é um espectáculo! Melhor comentário, como conclusão a todos os outros, acho difícil alguém escrever. Os meus sinceros parabéns e um Feliz Natal!

  2. Anónimo permalink
    Dezembro 19, 2009 13:26

    Sim Paulito, tens muito geitinho para a prosa; só que, não sei bem porquê, fazes-me vir à memória uma canção do velho Sérgio Godinho. Reza ela assim:

    “Eu sou o homem-fantasma
    combatente infatigável
    mas atenção que até eu
    posso ser criticável
    se depois do que eu digo
    e denuncio e reclamo
    eu voltar para casa
    e em casa eu for um tirano”

    Afinal quem és tu, Paulito, para nos vires dar lições de moral? Vá lá, anda, bota cá pra fora, quem és tu, demiurga criatura que se entende a si própria como pairando acima de todas as outras?

    Anjinho(a) da Guarda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: