Saltar para o conteúdo

lost

Janeiro 30, 2010
tags:

Ando um bocado triste com a nossa comunidade bloguistica ou como lhe quiserem chamar, é verdade que esta fase posterior às eleições desmembrou uma parte significativa dos blogues e criou um vazio nos temas que vinham a ser tratados, mas também é verdade que o mundo não parou e a agenda dos blogues não tem que ser necessariamente a agenda política.

Para além do meu querido Viana XXI que ainda não percebi o que é que anda por aqui a fazer e do mestre finezas, o resto anda muito desligado, para não dizer apagado. Em Alcáçovas não há um post á uma semana e os restantes não têm passado de meras informações retiradas de outras fontes, o Cidade Agar lá vai muito timidamente postando o pouco que por aqui se vai passando, o Como as marés quase parece que fechou, ou está á espera por oportunidade de dar um grito e nos assustar a todos, como é apanágio, as conversas trocadas andam a estudar para as frequências, o muro das lamentações morreu no natal, o Na Ante câmara deixa-nos posts de digestão mensal, o Blogue do Estevão para não parar produz duas linhas de vez em quando, o Polvorosa tornou-se numa agencia noticiosa do governo de sua majestade e dos seus fieis servidores e o Portanto Pá ia lançado mas perdeu o fôlego.

Pouco tardará para poder ver notícias do Rangel no Alcáçovas, vai ser mais ou menos quando houver notícias do Passos Coelho (embora preferisse o Santana), no Peixe Banana. Vai ser interessante ver quem acompanhará a concelhia do PSD Viana na luta interna no PSD.

Isto para não falar nos saudosos A tal Viana e o Parte no Caixote, que nunca passaram de um rolo de papel higiénico barato, ou seja nem para limpar o cú serviram, o Parte no caixote permanece por ai perdido nas pegadas na areia e o A tal Viana foi desactivado pelo partido como se nunca tivesse existido e assim não há provas para que alguém do comité central possa ter a prova de que existiam aqui comunistas de Neandertal a utilizar ferramentas do homo sapiens.

O que é certo é que a fase de querer fazer passar uma mensagem acabou quando aqueles que queriam poleiro o obtiveram ou o perderam. Houve alturas em que toda a gente queria ter um blogue, porque houve alturas em que toda a gente queria ter a oportunidade de obter regalias pessoais através de uma opinião lançada para o espaço cibernético. E agora.

Cadê a massa crítica?

Onde é que andam os vencedores e os vencidos?

É minha impressão ou anda tudo escondido ou devo dizer perdido?

One Comment leave one →
  1. Anónimo permalink
    Janeiro 31, 2010 22:00

    Esta cidadeagar é muito mais sexy que o original….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: